"O amor com fé suplanta toda depreciação." (Alessandro de Oliveira Feitosa)

"Na desvalorização do passado está implícita uma justificativa da nulidade do presente."(Gramsci)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 13 de janeiro de 2018

O CONSELHEIRO DE MIM MESMO! ("Tornei-me conselheiro dos humildes e desprezado fui por todos aqueles que se dizia ser sábios. Eis o destino e a sina de um conselheiro." — Miguel Westerberg)



Crônica

O CONSELHEIRO DE MIM MESMO! ("Tornei-me conselheiro dos humildes e desprezado fui por todos aqueles que se dizia ser sábios. Eis o destino e a sina de um conselheiro." —  Miguel Westerberg)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

             Hoje, algumas de minhas esperanças e expectativas dão sinal. Parece-me que a amizade e as relações sociais vão ganhar novo fôlego. Estou aproveitando o feriadão para logo abraçar com criatividade as demandas do trabalho, sempre disposto a contornar diferenças ideológicas, evidenciadas pela tensão na área comunicativa. Terei êxito. Salvo se, eu voltar a atenção para mim mesmo e para minha aparência. Tenho que cuidar mais de meu corpo, minhas roupas e sempre me apresentar bem quando for a alguma atividade social, desde passeios com amigos a jantares formais. Chegou meu momento de ser reconhecido por meu potencial. Será se vale a pena?
            Certamente haverá pessoas que se aproximarão e me pedirão orientações, mas será necessário mais do que conselhos. Vai ser preciso dar carinho e atenção a elas. Para essas, estou de braços abertos e preparado para ouvi-las e não só ouvir, também ajudá-las. Vou encostar meu senso crítico, me aliar e contribuir com esta minha fase proveitosa no âmbito profissional. Estou empenhado em meu projeto de contribuição social, conciliando motivação com planejamento e estudos essenciais para traçar metas consistentes e rentáveis. Este é um lado bom de ser professor.
            Que bom! A semana começando "animadinha" para mim; varias coisas já me aconteceram, nessa segunda, o suficiente para serem entendidas como toques ou avisos para eu repensar sobre meus projetos e planos para o futuro. Tenho de considerar a possibilidade de mudar alguns direcionamentos. Devo ter a atenção para não me deixar levar pelas vozes do cemitério, para não atrapalhar minha decisão em tomar iniciativas criativas que me auxiliem a lidar com a vida de forma pacífica e calma. "Tudo tranquilo e favorável", que nada! As influências dos maus me motivam para sentimentos antes entorpecidos no meu interior: raiva, desejo de vingança, e não posso me deixar levar por eles. Danem-se seus incentivadores desregrados.
Kllawdessy Ferreira

Comentários
Enviado por Kllawdessy Ferreira em 04/11/2016

Reeditado em 13/01/2018
Código do texto: T5813108 
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Postar um comentário