"O tempo é um ponto de vista. Velho é quem é um dia mais velho que a gente..." (Mario Quintana)

"Todos desejam viver muito tempo, mas ninguém quer ser velho." (Jonathan Swift)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

domingo, 30 de abril de 2017

SUPERAÇÃO (É hora de tomar uma pílula de revolução de meus padrões emocionais)


Crônica

SUPERAÇÃO (É hora de tomar uma pílula de revolução de meus padrões emocionais)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

            Eu já nas vésperas da aposentadora ainda não aprendi o suficiente, porque consegui averbar cinco anos de serviço da escola adventista no estado, no qual sou concursado desde 1999, mas já trabalhava desde 1994 no regime pró-labore. Então me veio a esperança de averbar o tempo de não efetivo na mesma unidade escolar que trabalho até hoje. A desenformação é tamanha que me fez estressado de tanto perder tempo, tentando se quero a documentação correta. Pois bem, fui orientado a pegar uma tal Certidão de  Tempo de Contribuição, com a minha experiência da averbação anterior nem me atentei para o que ia mesmo fazer na previdência, naquele tempo não era assim. Lá o atendimento agora só por agendamento, com três meses de antecedência.
          Então chegou o esperado dia, 27/04/2017, 7h30 eu estava lá rente como exige a burocracia. Foram duas horas de procedimento, finalmente findou a entrevista para nada, diga-se de passagem, o atendente desorientado me desorientou, mas parecia idôneo pela a firmeza que de mim pedia a documentação. Enviou me à Secretaria de Educação para pega uma ficha: anexo VIII. Às 10h eu aportava na Seduce, depois da recepção atordoada e andar em vários departamento nas instalações da Educação, descubro que no estado o sistema de averbação é autônomo, precisa de outra documentação da unidade escolar que fui lotado.
           Mas, aquele atendente da previdência insistentemente me ligava pedindo para eu voltar, pois tinha descoberto que se eu quisesse um revisão teria que agendar novamente na agencia da averbação anterior de 2004. Pois o tal CTC é como cheque só se pega uma vez. Porém ele não teve a capacidade de me falar logo no entendimento inicial, assim que viu meu "cnis". Minha averbação de tempo de pró-labore será feita pela própria Seduce com a documentação que o Diretor a unidade de lotação vai providenciar se tiver interesse em ficar livre de mim.
           O incoerente mesmo é as pessoa me perguntarem por que eu não me aposento, mas ninguém quer realmente me ver aposentado. Os embaraços são tantos que, às vezes, é melhor morrer trabalhando com os carniceiros cobrando qualidade.
            Hoje, quinta feira, está sendo exatamente como eu havia previsto. Já passei por um momento de humilhação. um a mais não vai doer muito: um colega do turno noturno me desanimou novamente, dizendo que a contagem dos quase seis anos de pró-labore equivale apenas dois anos, pois contam-se somente os dias trabalhados, como a escola gosta de emendar feriado, pensei, vou trabalhar mais, quem sabem, uns 3 anos ainda, mesmo depois da tal averbação. Superado com a humildade, depois do "banquete de fezes" o banho ou a higienização para dormi. Não pego no sono, sem Confiança e estabilidade. É hora de tomar uma pílula de revolução de meus padrões emocionais, limpando memórias condicionadas e colecionar experiências com novos sentimentos. Sim, neste momento escrevo com minha capacidade de concentração transtornada esperando que minha harmonia interior seja restaurada, apesar de minha distância das pessoas e a ignorância burocrática. Mas não estou isolado, alguns envelhecem!
Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 30/10/2016
Reeditado em 30/04/2017
Código do texto: T5807552
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

IDENTIDADE DE GÊNERO EM CRISE ("Ser um homem feminino/Não fere o meu lado masculino/Se Deus é menina e menino/Sou Masculino e Feminino..."- Pepeu Gomes.)

   
     

Crônica

IDENTIDADE DE GÊNERO EM CRISE ("Ser um homem feminino/Não fere o meu lado masculino/Se Deus é menina e menino/Sou Masculino e Feminino..."- Pepeu Gomes.)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Eu sempre fui machista e homofóbico, mas nunca lhe perturbei. Por que você, que não é nada disso, perturba-me? Quem é o pior? Agora vou incomodar-lhe, experimentando um pouco de você!
           Hoje eu convido a sua sensibilidade a invadir minha alma e tomar conta de mim. E então, deixarei vir à tona minhas emoções e que elas tomem conta de meu coração! Adoro um devaneio, um filosofar sobre a vida e o amor. Isso é ótimo! Mas, é lógico que tenho cuidado para não me atropelar em paixões a fora, ao tratar de coisas mais concretas. Como já falei, minhas intuições ficam mais fortes nesses momentos apaixonados, porém não me deixarei guiar cegamente pelos baixos instintos, preciso de objetividade, sobretudo nas responsabilidades da vida. Pois sim, que sonhos, inspirações poderosas continuem chegando. Preciso de um mimetismo eficaz.
             "Quem tem o coração carregado de sofrimento e dor? Quem vive se metendo em brigas e confusões? Quem será sempre machucado? Quem está sempre com os olhos inchados?" (Pv 23:29 BV). Não são só os bêbados, mas também os embriagados de paixão carnal, dançando na chuva se machucam! Cambaleantes no meio das trevas, em busca dos vaga-lumes de bunda colorida e lampejos demorados, também se machucam. Quando se bate em um bêbado, é deprimente e pior, quando se apanha de um bêbado! Psicopatas batem em homossexuais e apanham de mulher. Sempre quis ter um homem forte em mim, e agora que me encontro encorajado, o amadurecimento vem me ensinando a ter mais e mais força. Nesse momento, descobri com Friedrich Nietzsche que: "É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela." Por isso, digo como o apóstolo Paulo: "...quando estou fraco, então sou forte..." (2Cor 12:10 BV). Nessa situação, uma voz bissexual me disse: "Você não tem mais idade para brincar de esconde-esconde, mas eu vou lhe 'pegar'". Em tal caso, infelizmente tenho que fazer minhas as palavras de Augusto Branco: "Receio estar vivendo num tempo em que para amar uma alma feminina terei de namorar um homem e que para demonstrar masculinidade terei de agir como mulher... Pepeu Gomes que o diga: "Ser um homem feminino/Não fere o meu lado masculino/Se Deus é menina e menino/Sou Masculino e Feminino..."
             Bem ... Não basta que o mundo vá da cabeça aos pés, e termine no avesso: Se os homens estão liberando seu lado feminino, as mulheres hoje em dia bebem quase o mesmo que o homem! Não se pode ignorar que a luta evangélica está sendo em vão. Pelo menos, eu possa, no final, cantar o refrão com o Chico César de sua canção: Mulher Eu Sei — "Eu sei como pisar/No coração de uma mulher/Já fui mulher eu sei/Já fui mulher eu sei..."        
Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 20/10/2016
Reeditado em 21/04/2017
Código do texto: T5797454
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

UMA CELEBRAÇÃO INFANTIL (Se o momento valer a pena... Que venham!)


         

Crônica

UMA CELEBRAÇÃO INFANTIL (Se o momento valer a pena... Que venham!)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Hoje, Dia das Crianças, vou buscar a minha no profundo interior, um dia de sensibilidade e encanto, podemos até mesmo receber alguma experiência de fé pela comunhão cósmica. Porém, lutei muito para abandonar as "qualidades" de criança, não gosto delas: Desistem facilmente; total Inteligência emocional, cem por cento emotivas; Chora diante das decepções, atitude negativa; Muito medo; Curiosa demais; Dependente; Amoral; Egoísta; Ingratidão... Agora me alimento de coisas sólidas... Quem dera fosse mais um Dia dos Idosos, sobre minha casca grosa, porém eu teria muitas coisas novas para lhe dizer, porque ser criança é para todos, ser jovem é para muitos, mas, idoso é para os escolhidos: É uma missão. Comemore a sua ilusão por carregar a interpretação do senso comum, repetindo, e repetindo que quem não se tornar como uma criança não entrará no reino dos céus (Mt 18:2-10). Afirmo veemente que viver muitos anos já considero o desfrutar das bençãos do céu.
           Quero aproveitar muito bem cada momento deste resto de vida com os amigos de infância. Embora alguns sejam fantasmas apenas, sei que neste dia o convívio com eles será muito agradável e será ótimo programar um encontro relâmpago! Duro é encontrar quem queira sair para uma pizzaria, pois a vida e os sabores já estão desbotados! Detesto também bar e festa são lugares de gente com a aparência jovem, só serve se for assim, para se sair bem. E também não sou de briga. Até porque, eu ainda não aprendi a lidar com as imperfeições e fraquezas dos outros. O mundo anda muito violento! Afinal, sou sempre muito sensível ao que minhas companhias acham, pensam e falam. Com riscos de, sem querer, acabar fazendo o que não quero e também nem o que acredito apenas para agradar outra pessoa. Tudo isso me custará caro, mas se o momento valer a pena... Que venham todos ao meu interior, se se visitar não for importante! "De vez em quando você tem que fazer uma pausa e visitar a si mesmo." (Audrey Giorgi).
Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 30/10/2016
Reeditado em 14/04/2017
Código do texto: T5807548 
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sábado, 8 de abril de 2017

ADIANTA O RELÓGIO, ATRASA A VIDA (Que adiantou horário verão? Verão o tamanho do aumento da conta da luz.... DMarry)



Crônica

ADIANTA O RELÓGIO, ATRASA A VIDA (Que adiantou horário verão? Verão o tamanho do aumento da conta da luz.... DMarry)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Hoje, já a É segunda feira, NAS PRIMEIRAS HORAS DO horário de verão, MAIS UMA VEZ, essa aflição causa-me uma enorme ruptura emocional. É como conhecer uma nova pessoa. Mas, Deus é mais! Aqui, apenas esperando a poeira baixar, assim meio desconfiado, porém ainda vibrando com a última alegria que não quer reconhecer seu lugar, LEMBRANDO QUE ACORDEI TARDE ONTEM. HOJE, pela tarde, tenho tempo ainda em claro para visitar os amigos, minha família que escolhi. Vou precisar de organização e bom senso para estabilizar a rotina que doravante começa. Vou escolher prioridades, de modo que possa reduzir a sobrecarga, o objetivo é ter um uso qualitativo do meu tempo e minhas ações...NOVO Horário de verão, leve-me novamente à rotina DO ANO PASSADO, pois sempre tenho a sensação que estou atrasado, dialogando com um tolo!
           Do que adianta tanto sacrifício para economizar energia, se falta luz todos os fins de semana aqui no meu bairro! Eu repito o que disse Norma Aparecida Silveira Moraes, sinto-me assim: "Odeio horário de verão, as manhãs voam, a gente não consegue fazer nada. Tudo muda, muitas vezes, fico perdida até com o horário da alimentação. Não consigo mais almoçar como deveria, e nem jantar, como pouco e vou passando com frutas ou café com leite." O QUE OS POLÍTICOS NÃO SABEM É QUE ESTÃO INDO NA CONTRAMÃO DO PÃO E CIRCO.
           Alguém por acaso está pensando na saúde e bem estar do cidadão contribuinte? Mas, a consequência da mudança de horário, para a grande maioria, são imagens de sonolência, irritabilidade e mau humor ESPECIALMENTE na parte da manhã. Os hormônios são regulados pelo ritmo do dia, pelo brilho do sol e pela escuridão da noite. NÃO MAIS OS ASTROS NOS REGEM, MAS UNICAMENTE O RELÓGIO.
           O sonolento não raciocina bem e é isso que os políticos querem: lesados dorminhocos. Estranha-me o novo.

Kllawdessy Ferreira

Comentário

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 29/10/2016

Reeditado em 08/04/2017
Código do texto: T5806596 
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.