"Não é o significado da vida, mas o sentido dela." (May Iakulo)

"Que eu não aprenda o significado da vida, no ultimo minuto do segundo tempo." (Day Anne)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sexta-feira, 31 de março de 2017

JÉSSICA (Eu tenho uma Jéssica em meus pensamentos, e eu lhe aconselho a ter uma também.)


Crônica

JÉSSICA (Eu tenho uma Jéssica em meus pensamentos, e eu lhe aconselho a ter uma também.)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

            Hoje, a minha noite começou normal, sem chuva, até que a Jéssica... apareceu-me, certamente já acabou, não é Jéssica? Pois é, não há nada ao nosso redor, só um vazio, nessa escuridão cheia de pontos de luz, parece-me que não estou preparado para lidar com os desafios que ajudam a resolver o meu caos interior. Porque eu ainda preciso de um olhar amigo, mais atento a vislumbrar a oportunidade onde a maioria não vê: minhas virtudes, arranquei dela um elogio, e esse diferencial vai me distinguir das pessoas. Porém as suas ofertas são restritas, ela não tinha o que eu queria, só palavras lisonjeiras, e estou sem opção?! Se fico isolado, sou obrigado a ouvir meus próprios pensamentos. Se vou ao trabalho, sou obrigado a ouvir as opiniões dos outros sobre outros, estratégico mesmo, de minha parte, seria então eu ser menos reativo. De qualquer maneira, o encontro com alguém sempre me faz melhor. Ela me ouviu, em troca lhe dei algumas dicas de escrita: queria passar no "Enem". Agora chove papel escrito de sua janela em minha roça, correspondendo ao tudo que o homem planta colhe! Ainda que continuo no meu caos, por certo os papeis se derreterão facilmente na chuva!
            Amanheceu, mais uma segunda-feira e sem fazer nada, não que eu não tenha nada para fazer, mas, no momento, prefiro falar sobre o meu amor por Jéssica (figura mitológica dos meus sonhos). Eu tenho uma Jéssica em meus pensamentos, e eu lhe aconselho a ter uma também. Assim, estaremos sempre atentos às perseguições de algum rival ou dono de mulher, mas se ainda é dia, teremos esperança, visto que é a última que morre. Que as coisas sejam organizadas para essa viagem fantasiosa, porém cheia de obstáculos, contratempos, todavia para nossos propósitos, vale a pena resistimos as inesperadas dificuldades: prefiro a morte ao ser o esquecido de Jéssica! Mas, advertidos por Jéssica, caminho dentro do caminho. Se defino novas prioridades, devo comunicá-la. Oh, todavia não podemos deixar que nossas emoções assumam nossos objetivos. Claro que estou sendo subjetivo sobre o assunto. Dói mais a certeza de está sendo claro e verdadeiro, para torná-la mais facilmente aos outros que virão do que esse torpor elástico demais, amaciando a Jéssica na mente desocupada, oficina do Capiroto.
             À minha Jéssica platônica: Mesmo quando eu minto, minhas palavras mentirosas não mentem - elas dizem a verdade sobre meu coração. Então essa Jéssica impossível faz a minha mente negra com maldade, ou melhor, cheia de ressentimentos. Os tolos dizem: "Quando o assunto é amor, não se manda no coração". Outros ainda: QUEM VÊ CARA NÃO VÊ CORAÇÃO: MENTIRA! PREFIRO CRER QUE A BOCA FALA DO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO. De que material é seu coração, Jéssica? O virtual não tem cor!!! "Se você caiu na bobagem de ser orgulhosa, se planejou fazer o mal a alguém, tenha vergonha de si mesmo e arrependa-se" (Pv 30:32 BV).
Kllawdessy Ferreira


Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 29/10/2016

Reeditado em 31/03/2017

Código do texto: T5806593 

Classificação de conteúdo: seguro



Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sexta-feira, 24 de março de 2017

INSIGHT (De Adulto a criança, tenho um pouco!)


Crônica

INSIGHT (De Adulto a criança, tenho um pouco!)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           S.O.S. Raul Seixas: "Hoje é domingo/Missa e praia/Céu de anil..." Mas, eu com a segunda feira no rosto, agora cheio de demanda e sem a combinação de criatividade e disciplina. É ruptura com a escola! Eu aqui apenas em casa na dinâmica doméstica, pensando e alimentando o desejo de fazer as coisas de forma diferente, para fazer possíveis alterações que contribuem para uma vida melhor. Quero sem muito esforço! Claro! E garanto que antes do cumprimento do decreto dominical, ou melhor, o por-do-sol dominical, o meu espírito criativo ainda vai pegar fogo, e já estou preocupado, o feriado é mais para fazer alguma matemática e políticas internas, mas a fogo baixo, e ainda não me apareceu nada, talvez até quarta feira, eu possa ter algum "insight".
           Então, findando o domingo, já sinto a flutuação financeira, foi o preço da escolha. E apenas pude abordar superficialmente as necessidades emocionais, fui a um motel e comi uma pizza acompanhado. Sempre observando os limites do orçamento, mas só nisso, gastei R$ 100,00! Achei muito para o pouco que vi: só onde havia possibilidades interessantes para me divertir. Talvez isso possa fertilizar minha semana vindoura com um espírito novo. E que eu seja uma parte envolvida que sirva para unir em uma base colaborativa e alegre algo que possa ser lembrado com emoção, sem peso na consciência! De Adulto a criança tenho um pouco! Aceito colaborações não negativa, porque quando se autovitima, culpa-me pelo que supõe, assim vitimando-me sem se culpar!
           Mas, a minha reclamação no momento é que temos de pagar para tudo, mesmo que seja para fazer algo necessário. O estresse tira os INSIGHT e os encargos do lazer também.
Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 29/10/2016
Reeditado em 24/03/2017
Código do texto: T5806592
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sábado, 18 de março de 2017

REINVENÇÃO DE MIM (Valorização exagerada da exclusividade.)


Crônica

REINVENÇÃO DE MIM (Valorização exagerada da exclusividade.)

Por Claudeci Ferreira de Andrade
            Hoje, se parece com uma sexta-feira, mas como veio rápido! Em meio a tantos feriados, não vi os dias ao longo do tempo. É, e a rotina serviu para testar a força dos meus relacionamentos. Sim, e o que garante a permanência desse anseio pelo o dia-a-dia é a constante reinvenção de mim mesmo, como se eu não fosse dominado pelo tempo. Então, Já que em todos os dias nasce um novo amor, aproveito esta abundância e versatilidade para reescrever a minha velha história. Eu posso ser dois ou um apenas. o tempo vai passar e misturar criatividade e sabedoria sem deixar vestígios, pois os vestígios são apenas do passado.
           Felicidade, eu estou esperando por você! Mas, quem se importaria com um professor "mordido de cobra", que se mutile evitando deixar que veneno circule ou que morra! Se quando um morre nasce outro em seu lugar funcional. A lei de Deus é perfeita por sua execução, mas humanamente imperfeita em sua funcionalidade. Por isso nasci assim, meio bobo!
           E em busca da perfeição estudei muitos anos, hoje só leio, diga se de passagem. Todavia, o que eu pensava de meus professores me fez a diferença, eles não foram maiores por que eu os respeitei, mas eu sou maior por que os obedeci.
           Deus é perfeito sim em Sua plenitude, porque não existe outro Deus para partilhar. E em Sua onipresença e expansibilidade não há espaço fora de Si para que olhe, senão para dentro de Si mesmo. Assim sendo, o egoísmo é o que de bom sobrou de Deus no homem. Valorização exagerada da exclusividade. Esse é meu problema.
             
Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 28/10/2016

Reeditado em 18/03/2017
Código do texto: T5806036 
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sábado, 11 de março de 2017

PROMESSA (Quem promete e não cumpre é criminoso)


Crônica

PROMESSA (Quem promete e não cumpre é criminoso)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Eu procuro ver que minha atividade não é somente uma fonte de renda, mas que também contribui para a sociedade em que vivo. Posso até ser um professor, mas estou disseminando um conjunto de coisas que fazem o mundo ser o que é. Sei que tenho importância. E digam o que quiserem, não me deixarei levar por superficialidade. Então tenho tido dias favoráveis aos estudos e nas relações com superiores, por isso estou aproveitando o que posso.
           Sempre vivi de ESPERANÇA VAZIA, esta anestesia de otário! Planejamento bem escrito e divulgado sem execução é promessa vazia. Agora aprendi enganar a mim, deixando ecoar as promessas que me fizeram, talvez repetindo-as, venham a acontecer. Fiz promessas no começo deste ano, faço promessas para cada aula pretendida e comecei a marchar ano a dentro e já seria hora de estar em plena atividade nos setores que me propus movimentar. Sinto que nada acontece exatamente como prometido, quase tudo dar errado! Tenho que repensar meus projetos e fazer um realinhamento estratégico, em conjunto com pessoas queridas. Preciso de conselheiros bons, que me dê boas dicas para tomar decisões. Só não sei escolher direitinho pessoas experientes e leais. Quero crer e fazer como José Maria: "Ter amizade é uma coisa muito nobre, muito grande. Mas a amizade deve levar a ter atuações leais na vida, porque o amigo não pode ser um cúmplice. É-se cúmplice para cometer delitos, coisas vergonhosas. A amizade é para realizar, com outros, coisas boas a favor de outras pessoas. Se não, não é verdadeira amizade". Quem promete e não cumpre é mentiroso, bandido e rouba o tempo de esperança da outra pessoa, não é amigo.
           E aqui ainda na dúvida, se sou uma boa pessoa ou apenas um idiota a mais! Nesse caso, PREFIRO SER INFERIOR A VOCÊ DO QUE SER IGUAL.
Kllawdessy Ferreira 
E
Comentários

nviado por Kllawdessy Ferreira em 15/06/2009
Reeditado em 11/03/2017
Código do texto: T1649924
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

sexta-feira, 3 de março de 2017

JUSTIFICANDO MEU CAOS PROFISSIONAL (Meu problema sou eu.)


Crônica

JUSTIFICANDO MEU CAOS PROFISSIONAL (Meu problema sou eu.)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Não é que sou um professor ruim, apenas me moldei pela maioria  para servir aos fracos por motivo de sobrevivência. "O caos é uma ordem por decifrar" (José Saramago).
            Hoje, depois de muitos distúrbios oníricos, à noite, eu acordo ALTAS HORAS para dar uma olhada profunda na minha vida. Estou ciente de que há uma irritante "MOSCA" no meu caminho, que está trazendo-me aborrecimentos (Como a mosca de Raul Seixas). Esta inimiga tem buscado a minha derrota a todo o custo. Esta perseguição intensa pode ser toda a carga de energia negativa liberada daqui de dentro para fora, na DIREÇÃO dos outros. TODAVIA, vou tratá-la com "cortesia", pois eu sou muito superior, mais do que aparento! Talvez esse indivíduo REDIMA-SE e RESOLVA recuperar o seu tempo de glória após cair em desgraça. Com a minha luta externa, ele será DEFINITIVAMENTE superado. MEU astral exige um estado de atenção que não pode ser menos do que o foco PRINCIPAL: meu eu. PORÉM, o meu excesso de perfeccionismo pode esticar o que seria simples. APESAR DE SER o fim do ciclo, eu preciso resolver ESTE "sloppiness", VOU PRECISAR DE mais tempo para ioga ou ginástica. Geralmente, ENFRENTAR dificuldades tende a ser extremamente positivo para OS RELACIONAMENTOS íntimos começarem a entrar nos eixos. "Adoro que me subestimem e não me invejem; ninguem sonha em TOMAR SURRA DE UM FRACO, nem ser CORNO PARA UM FEIO!" (Bárbaro).
            O crime não compensa! O pecado não compensa! BURRICE não compensa! PESSOAS que escolhem um estilo de vida perverso serão CAÇADAS e DESTRUÍDAS por Deus e pelos homens. Este dizer é áspero, mas é verdadeiro. A escolha é minha - se eu escolher seguir o coração ímpio que carrego ou os meus estranhos desejos em suas más versões, escolhi o caminho da dor e da morte. "A JUSTIÇA É UM TESOURO QUE O HOMEM DÁ PARA SUA FAMÍLIA PORQUE O LAR DE QUEM DESOBEDECE A DEUS É CHEIO DE DOR E TRISTEZA." (Pv 15:6 BV). 

Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 29/04/2009

Reeditado em 03/03/2017

Código do texto: T1566011 

Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.