"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração." (W. Shakespeare)

"Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho." (Mario Quintana)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 11 de agosto de 2012

O FALSO NÃO RESISTE AO TEMPO E NEM ÀS CIRCUNSTÂNCIAS (Seria o adorador maior que o adorado?)





Crônica

O FALSO NÃO RESISTE AO TEMPO E NEM ÀS CIRCUNSTÂNCIAS (Seria o adorador maior que o adorado?)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

         Eu queria entender por que em uma sala de aula, na igreja ou até em uma reunião solene, quando apagam-se as luzes até as pessoas com cara de santa gritam e assobiam. Talvez sofram o síndrome da ema, que enfia a cabeça em um buraco e por não está vendo o perigo, acha que está isenta do mesmo. Assim, procedem os internautas do mesmo espírito, com um perfil falso, acham-se livres para dizer irresponsavelmente o que quiserem. Na net, qualquer pessoa de má índole ameaça, xinga e diz asneiras mil com a segurança da máquina. Coisas que não diriam à luz do dia. Por isso, talvez já disseram os sábios que "vindo a noite não se pode trabalhar". "À noite é que é a hora de dormir e quando as pessoas se embriagam." (I Ts 5:7 BV).
         Aconteceu-me que, achando no google uma imagem de Jesus apontando o dedo num gesto obsceno, coloquei-a na minha cronologia do Facebook, com a intenção de mostrar que o Jesus está muito insatisfeito com os religiosos exploradores, que abusam da fé dos simples. Foi aí que vários crentes transformaram-se em pessoas mundanas, com seus desacatos, ameaças, e xingamentos, disseram até que eu era o próprio Demônio, por postar aquilo. Precisei acender a luz, ou melhor, apaguei aquela imagem do "Jesus irado", que escurecia meu perfil. Não são todos os supostos alfabetizados que fazem uma boa leitura. "Uma pessoa pura de coração vê virtude e pureza em tudo; mas uma pessoa cujo próprio coração é maligno e descrente, acha maldade em tudo, ..." (Tito 1:15-16 BV).
         A minha maior inquietação aqui é por que os crentes fanáticos têm que defender seus ídolos, sem se importar em machucar o próximo de fé contrária, e os fiéis, seu Deus! Quem é Deus de quem? Seria o adorador maior que o adorado?
         A pesar de o cemitério está cheio de gente bem intencionada, graças ao Deus verdadeiro, as boas intenções amenizam as consequências, assim como a palavra branda desvia o furor, e as trevas densas da noite natural e moral, e o anonimato na internet  auxiliado pela distância desmascaram e/ou promovem a falsa santidade.
         É como disse o nobre poeta Joel de Sá: "Os exploradores da "fé" alheia estão comendo vivos os "fieis".
Claudeko
Enviado por Claudeko em 07/04/2012
Reeditado em 25/05/2012
Código do texto: T3598934
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários



Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Postar um comentário