"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração." (W. Shakespeare)

"Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho." (Mario Quintana)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 14 de dezembro de 2013

CONSELHO DE AMIGO OU DE IRMÃO (Eu queria ter lhe perguntado isto no dia do amigo)


Crônica

CONSELHO DE AMIGO OU DE IRMÃO (Eu queria ter lhe perguntado isto no dia do amigo)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

             Disse-me um "amigo", enquanto lia alguns textos no meu blog: "Será que você não poderia falar menos sobre suas coisas? Deixar sua vida exposta aos outros, reclamando de pequenos problemas que ocorrem em seu dia a dia só faz com que as pessoas se irritem com suas queixas ou, o que é pior, fiquem com pena de você; um ser infeliz e sem sorte. Você quer ser visto assim?"
           Tá, mas será que ele queria que eu falasse de quem ou de quê? Dele? De sua vida? Mostrando minha admiração por tê-lo como amigo feliz? Porém, inverter os níveis, ele não quer! Por acaso, ele pode viver minhas experiências? A Bíblia diz que tem amigo melhor que irmão, é bem verdade, todavia um irmão, embora não seja amigo, nunca deixa de ser irmão até porque as experiências de infância em comum são enraizadas para toda vida. Talvez dois entes criados juntos se tornem amigos, mas não necessariamente irmãos. Então, o que Diabo é ser amigo?
           Eu tenho a plena consciência da pressão dos outros sobre minha liberdade; pressão essa que é grande, ainda mais agora que falo de minhas desgraças. É como se eu estregasse os pontos aos meus inimigos. Fragilizando-me maior do que o tolerável, se se pode dizer assim, já não estou mais gostando  de viver em perigo! Urgentemente tenho de encontrar uma outra boa válvula de escape, evitando confrontar os poderosos. Senão o mundo contemplará coisas piores.  Acho que devo aproveitar essas experiências para meditar e recuperar o meu equilíbrio mental já perdido há muito. Não quero mais  conviver com mal entendidos e confusões. Alguma coisa ficou para trás: meu verdadeiro eu...
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 30/07/2013
Reeditado em 13/12/2013
Código do texto: T4411584
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Postar um comentário