"Até o palhaço mais alegre do circo, pode chorar em um dia de folga." (Nátaly Seckler)

"Um bom descanso é metade do trabalho." (Provérbio iugoslavo)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 19 de abril de 2014

A FRAGMENTAÇÃO OU COMPOSIÇÃO (Programas aglutinativos causam lacunas no processo evolutivo)


Crônica

A FRAGMENTAÇÃO OU COMPOSIÇÃO (Programas aglutinativos causam lacunas no processo evolutivo)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

          Já ordenaram os "grandes" pensadores da educação (incluindo Valesca Popozuda e o professor de filosofia Antônio Kubitschek), que a sistematização do conhecimento, para maior desempenho, deve ser por áreas abrangentes: Matemática e suas tecnologias; Ciências humanas e suas tecnologias; Linguagens, códigos e suas tecnologias; Ciências da natureza e suas tecnologias. Eu achei que estava entendendo! Porque gosto da ideia dos saberes integrados. Por sua vez, o estado lutando para implantar o "currículo unificado" , então pensei, casando uma coisa com a outra, que seria um esforço para estabelecer uma certa "interdisciplinarização", enxugando assim a matriz curricular. Já estava até feliz, Porém, já não estou mais entendendo nada! Porque depois me disseram que o currículo unificado ia servir só para melhorar a vida do aluno, em qualquer unidade escolar que chegasse para estudar, pegaria facilmente a sequência dos conteúdos. Eu queria que o professor pudesse preparar aulas mais abrangentes. Mas, não sei se é só eu quem não está entendendo ou também não está entendendo o Cleiber F. dos Santos quando diz: "...se o ensino de Língua Portuguesa é deficiente, outros conhecimentos também serão deficitários, pois o aluno deixa de desenvolver algumas percepções que o faça refletir com mais propriedade sobre os acontecimentos a sua volta" (Para que serve nossa Língua Portuguesa? DM - OP. 07/02/2014 pág 17). Assim os que administram mais de perto as escolas daqui entenderam que quanto mais fragmentar as disciplinas fica melhor.  Então o que era Língua Portuguesa ficou: Gramática, Literatura e Redação (para ser mais justo, ao estudar a Língua Inglesa ou espanhola deveriam fragmentá-las em Gramática, Literatura e Redação, eu não saberia dizer em qual categoria ficaria as charges, cartum, histórias em quadrinhos, palavras cruzadas e leitura e interpretação de texto, as funções da linguagem etc), repetido tudo nos "tópicos" disso e daquilo. O que era Matemática ficou: matemática e geometria, eu continuaria sem saber onde se encaixam, interpretação de gráficos, tabelas e sintema internacional de medidas (repetido tudo nos "tópicos" disso e daquilo)! Bem, porém aqui se aplica o infeliz, mas devidamente adequado, dito popular: "se se pode complicar para que se simplificar?"
          Portanto, quero fala de globalização no sentido de encurtar os caminhos e agilizar e integrar as ações, então cito Antonio Carlos Evangelista Ribeiro: "A Educação por sua vez sofre a influência direta das características de um sistema essencialmente capitalista que é de natureza competitiva, individualista e excludente, provocando mutações de conceitos de cidadania, qualidade, conhecimento, produtividade e competência." Agora já não sei dizer se a mundialização da cultura é boa ou ruim, só sei que não podemos mais admitir limites bem apertadinhos de esfarelados conteúdos. Portando, quanto mais globalizante mais eficiente.
      Os poderosos querem nos colonizar com a globalização, sem a força física; outros, com fragmentação em uma nova roupagem da discriminação maléfica. Certo é que, nesse caso, quanto mais fragmentar mais fraca se tornará a coesão social e não se pode negar o direito do indivíduo à uma educação totalizante e integradora, enquanto isso, brinca-se de consertar o que se deveria desmanchar por completo, para reconstruir totalmente com novos paradigmas. Como diz a filosofia moderna: "falta totalização para ter significado." complementando com Leonardo da Vinci: "Assim como todo o reino dividido é desfeito, toda a inteligência dividida em diversos estudos se confunde e enfraquece."
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 14/01/2014
Reeditado em 19/04/2014
Código do texto: T4649882
Classificação de conteúdo: seguro
Comentários

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Postar um comentário