"Todas as coisas complexas estão condenadas à decadência." (Buda)

"Evoluir não é melhorar. A lagarta jura que a borboleta é a sua decadência." (Fabrício Carpinejar)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 15 de novembro de 2014

AULA SHOW (Quem é o professor show, seria o que ministra aula show?)



Crônica

AULA SHOW (Quem é o professor show, seria o que ministra aula show?)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Quem é o professor show, seria o que ministra aula show? É o sonho de todo coordenador pedagógico ter na sua unidade escolar só professores show, do tipo que suas aulas sejam criativas e atraentes, como aquelas dos profissionais dos cursinhos de vestibular! Que pena, apesar dos professores quererem tanto estar na mídia, mas não é possível que todas as aulas sejam um show. A culpa é do próprio sistema engendrado pelos pedagogos administradores e técnicos que forçam para o trabalho deles também ser um show, amassando os que deles dependem para subjugá-los com metodologias estranhas ao verdadeiro papel da escola, pois a maleabilidade é um forte indicador de seu sucesso: "o bife que nos alimenta quanto mais apanha mais macio e gostoso fica"!
           Não é possível que todas as aulas de Língua Portuguesa seja uma peça teatral, a menos que eu não tenha compromisso com o currículo mínimo adotado e recomendado pela Secretaria de Educação. Pois, alguns momentos preciosos dos 50min da aula é tomado todos os dias com chamada de aluno no jeito tradicional. Toma-se outra parte do tempo para a facção e verificação das atividades em classe para aquisição de nota, tarefa para casa nem pensar, o aluno público já está no mercado de trabalho, e a única forma de promoção é facilitada. A distribuição do lanche vai além do recreio, distribuído na sala. E não tem um dia sequer sem as interrupções variadas de propagandistas de produtos  não compatíveis com o ambiente escolar. Somam-se ainda as visitas da administração da unidade em sala, com avisos e distribuição de bilhetes,  também demandando o tempo da aula e a atenção dos alunos. Os alunos da sala vizinha vêm pedir coisas emprestadas e é permitido, pois os livros e lápis são escassos, sem falar do Grêmio Estudantil. Essa movimentação diversificada talvez seja a aula show tão esperada que eu não estou vendo debaixo de meu nariz, chego a pensar isso, pelos favorecimentos e naturalidade com que acontece.
           O aluno, cliente do show, gosta porque não tem que fazer nada é só assistir, o mestre faz seu show(zinho) e se algum estudante quiser fazer alguma atividade que seja em casa. Vejam a participação da classe  nesta aula modelo: (https://www.youtube.com/watch?v=fgjmGPO6qww) (acessado em 15/11/2015). Será que é dessa "palhaçada" que o sistema educacional precisa para sair do caos?  Nesse caso, o professor é um compositor; logo então, o Estado terá que contratar só músicos, mágicos, dançarinos, palhaços e atores para dar aulas, pois sendo só professor não servirá. E assim os alunos serão tão cultos como são espirituais os que ouvem e cantam música gospel, o milagre das versões: adaptam apenas uma letra sacra na melodia de uma outra canção mundana e louvam seus ídolos, ou melhor, seus deuses! Lembrando que pelas minhas tentativas, alguns se atreveram a me apelidar de professor "Girafales". E no final será como canta o Rei Roberto Carlos: 
"O show já terminou
Vamos voltar à realidade
Não precisamos mais
Usar aquela maquiagem
Que escondeu do nós 
Uma verdade que insistimos em não ver".           
Claudeko Ferreira

Comentários

Enviado por Claudeko Ferreira em 09/11/2014
Reeditado em 15/11/2014
Código do texto: T5028657
Classificação de conteúdo: seguro

Postar um comentário