"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração." (W. Shakespeare)

"Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho." (Mario Quintana)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 4 de fevereiro de 2017

MÁ-LÍNGUA (DI)FAMA (Uns beijam os sapos, eu prefiro enxotá-los...! Não tenho dom de princesa.)


Texto

MÁ-LÍNGUA (DI)FAMA (Uns beijam os sapos, eu prefiro enxotá-los...! Não tenho dom de princesa.)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Sapos, HOJE, por razões politicamente corretas, estou a espancá-los, vejam bem: os sapos que eu devia engolir estão sendo vomitados. Eu tenho pedras e paus para eles, vou continuar atacando-os para matar, saltam, camuflam-se no ambiente, rebolam e dão seu jeitinho brasileiro, “deitam e rolam”, contudo já os descobri. Eles pensam que se inchando me amedrontam pelo volume, ao contrário, eles se tornam alvos mais visíveis e mais acessíveis. Mas, continuarei a golpeá-los, tocando-os para bem longe, com palavras duras e verdadeiras. É ASSIM MESMO, eles são MUITO feios e nunca morrer, HÁ SEMPRE alguém PRONTO, criticando-me asquerosamente por minhas ações presentes. AQUI CABEM AS PALAVRAS DE MÁRIO QUINTANA: "Não tenho Vergonha de dizer que estou triste, Não dessa tristeza ignominiosa dos que, em vez de se matarem, fazem poemas: Estou triste por que vocês são burros e feios E não morrem nunca..." Quem diz que eu não sei como tirar proveito das oportunidades que a vida me deu? No entanto, espero em Deus PODER reconstruir minhas veredas em  novos caminhos, afinal, cada dia é um novo dia de Ano Novo. E todos os fenômenos da natureza clamam por harmonia, de modo que nenhum dos problemas vai me derrotar, porque eu sou natureza também, e as leis da natureza são infalíveis. E todos aqueles que estão pagando sapo para mim, querendo me prejudicar, serão derrotados, porque a natureza sabe como resolver os seus problemas completamente. Cobras e lagartos tornam os tempos difíceis, deixando-me fisicamente e emocionalmente frágil. Considerando que o lado emocional tende a interferir com o funcionamento adequado do meu corpo, o estrago é duplo. Não é a minha autocrítica suficiente para mim? Uns beijam os sapos, eu prefiro enxotá-los...! Não tenho dom de princesa.

            Há muitas pessoas cordatas, alegres, graciosas, submissas, doces e reverentes. Elas podem nos fazer sentir como um rei em questão de segundos, e a amizade é a felicidade para elas. Elas são quentes, tipo, charmosas e agradáveis. Elas não são nem ásperas nem grosseiras. Por isso devemos rejeitar qualquer companhia que é minimamente crítica, mal-humorada, opinativa ou questionadora. Esse tipo de gente não merece ter amigos, nunca! Eu não mereço essa dor! Preciso de pessoas humanas de verdade! "As palavras de um homem justo ajudam outras pessoas a viver melhor, mas o homem mau só sabe xingar e ofender". (Pv 10:11 BV).
Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 04/01/2017

Reeditado em 04/02/2017
Código do texto: T5871561 
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Postar um comentário