"A esperança seria a maior das forças humanas, se não existisse o desespero." (Victor Hugo)

"Uma falsificação é impossível quando não se tem o modelo a falsificar." (Helena Blavatski)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 12 de agosto de 2017

MÁGOAS NÃO PERDOAM (O castigo foi feito para melhorar aquele que o aplica — Friedrich Nietzsche)


Crônica

MÁGOAS NÃO PERDOAM (O castigo foi feito para melhorar aquele que o aplica — Friedrich Nietzsche)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Hoje, sexta feira, avaliei a semana e concluí que a comunicação nas relações de trabalho ficaram suscetíveis à carga emocional forte e que puderam comprometer a eficácia das ações coletivas. Fiquei obcecado em um buraco negro! Ninguém me propôs uma divisão de tarefas, para amenizar meu estresse! E aqui estou, considerando a falta de lazer, então encontro vários motivo para me queixar. Embora, eu prefira compreender como uma possibilidade de transformação, o encontro amoroso, que tentei amadurecer, não deu certo. Não vou me apegar às mágoas, talvez na próxima semana dará certo. Se você cair, eu a levantarei. Coisa difícil não vem de Deus, não está madura!
            De uma coisa tenho certeza: quem faz o momento agradável é a gente! O certo é evitar erros, perdão é ilusão, nunca esquecemos da ofensa ou de nos esquecermos de esquecer a cicatriz! A prontidão do perdão, viabiliza a repetição do erro. Por isso, não se perdoa completamente, nem deve restaurar a confiança! Sim, quando perdoamos, assumimos as consequências pelo outro e damos outra oportunidade para a prática do mesmo ato, dessa vez patrocinado. A pessoa não se dá conta que é um erro se não vi as consequências fazerem arder sua pele. Como diz,  Sally Grazi: "O perdão é um ente obscuro... se perdoa sem completamente perdoar!"
           Depois de um tempo, tentamos lembrar o rosto das pessoas e só vemos a face do seu amor. Se há ódio, tornar-se-á apenas mais ódio. Odiei e fui odiado, tal basta para o meu túmulo. O medo é a raiz da violência, a vingança nos liberta da perseguição, pois é moeda de troca. Paz só com guerra. Anjos não morrem...      

Kllawdessy Ferreira

Comentários

Enviado por Kllawdessy Ferreira em 02/11/2016

Reeditado em 12/08/2017

Código do texto: T5810543 

Classificação de conteúdo: seguro



Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Postar um comentário