"Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida." (Platão)

"A amizade e a lealdade residem numa identidade de almas raramente encontrada." (Epicuro)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 23 de março de 2013

RESPONSABILIDADE SOCIAL (O que leva um professor chamar seu aluno de macaco [...]?



Crônica

RESPONSABILIDADE SOCIAL (O que leva um professor chamar seu aluno de macaco [...]?

Por Claudeci Ferreira de Andrade

          Aprendi muito tarde na vida que não amo ninguém, pois nunca estive disposto a fazer sacrifício algum para quem quer que seja, apenas faço o que me é confortável, cumprindo meu dever de amar o próximo como a mim mesmo. Talvez seja como explicou Claudynha: Se você se ama, e ama o próximo como ama a você mesmo, consequentemente você ama alguém. Cada um ama a sua maneira, e se não podemos corresponder ao amor de alguém como é requerido, não quer dizer que não amamos com tudo que temos." Todavia explico melhor: O que sinto por você chama-se responsabilidade social. Já está bom demais, se espero de você só isso!!!
          E você me ama ALÉM DISSO? O que pode fazer por mim ("andar a segunda milha") a ponto de desfalcar o seu conforto? Já dizia Giacomo Leopardi: "O primeiro motivo por que se está disposto a ajudar outro nas devidas ocasiões é a alta apreciação que se tem de si mesmo."
          Será que esta alta proteção ao negro e ao gay, tão em voga, não seria uma espécia de amor próprio protegendo os iguais? Tamanha perseguição aos discriminadores não seria uma agravante discriminação a quem discrimina? O que leva um professor chamar seu aluno de macaco e se coincidentemente ambos são negros? http://dialogospoliticos.wordpress.com/2013/03/21/professor-chama-aluno-de-macaco-em-escola-da-ufmg/ (acessado em 23/03/2013).
          Diga-se de passagem, tudo é motivo para se condenar um professor. Quem faz macaquice senão macacos ou idiotas? (Dic. Aulete: [ma.ca. qui.ce] sf.
  1  Macaqueação, postura ou gesticulação semelhante às dos macacos, momice; arremedo, cópia, imitação ridícula
  2  Imitação mal feita ou ridícula.
  3  Pop.  Adulação interesseira, lisonja falsa; comportamento hipócrita.
 [F.: macaco - + -ice.]
          De tanto condenarem o racista, o homofóbico e  a autenticidade (sacrificadores de professor) o mundo terminará negro, gay e inóspito. Para mim não há problema algum... Porrada caleja!
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 12/10/2012
Reeditado em 23/03/2013
Código do texto: T3928744
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Postar um comentário