"Torna-te aquilo que és." (Friedrich Nietzsche)

"Não existem más influências, existem pessoas sem personalidade própria." (Demi Lovato)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 30 de março de 2013

"MORDIDO" OU LAMBIDO (Será que cão latidor não morde?)



PROSA POÉTICA

"MORDIDO" OU LAMBIDO (Será que cão latidor não morde?)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

Todo cachorro late comigo!
Eles latem por mim;
Eles latem para mim;
Eles latem perante mim;
Eles latem a mim;
Eles latem ante mim;
Eles latem até mim;
Eles latem após mim;
Eles latem de mim;
Eles latem desde mim;
Eles latem em mim;
Eles latem entre mim;
Eles latem contra mim;
Eles latem sem mim;
Eles latem sob mim;
Eles latem sobre mim;
Eles latem atrás de mim!
Um latido afora, segundo, exceto, salvo, malgrado, durante, mediante, fora e menos.
Tem cachorro para todos os gostos, estou mordido acerca disto!
Não gosto de cachorro com vida de rico e nem da criança interior que brinca com o cachorro dentro do adulto. Enfim, não gosto mesmo é de "cachorrada" comigo. Prefiro os que falam mal de mim, pelo menos falam!
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 19/10/2012
Reeditado em 30/03/2013
Código do texto: T3941664
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Postar um comentário