"Meu pensamento está igual a chaminé do conclave, em votação para decidir meu futuro." (Dani Leão)

"Não é só porque tem votação que tem democracia" (wagner castilho)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 28 de outubro de 2017

TIROTEIO DE ALUNO, CORRIGINDO O MAU CHEIRO DO DESRESPEITO ("É preferível cultivar o respeito do bem que o respeito pela lei." — Henry David Thoreau)



Crônica

TIROTEIO DE ALUNO, CORRIGINDO O MAU CHEIRO DO DESRESPEITO ("É preferível cultivar o respeito do bem que o respeito pela lei." — Henry David Thoreau)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

           Lendo sobre o incidente do colégio Goyases, onde o adolescente ferido por bullying chegou ao extremo, matando e baleando alguns dos seus agressores. Devo considerar que o Bullying é um crime, primeiramente pela a devastação que causa na alma, refletindo em todo o ser das vítimas, depois dando teor rixoso aos seus atos. Há quem diga que o motivo do garoto agir com arma de fogo não foi o bullying que sofria, mas porque tinha um caráter satânico e era admirador do Nazismo. Acreditar assim é atribuir a culpa só ao assassino, e "culpar o outro é um escapismo diante da omissão dos fatos e a não compreensão dos efeitos" (Dhiogo J. Caetano). Contudo, o bom senso me diz que ninguém colhe sem plantar, se assim o fizer, comete injustiça. Além do mais, o contraponto está nos depoimentos dos feridos, todos entrevistados disseram que o garoto da arma sofria bullying sim, exceto os que queriam se justificar. Então, ele usou a arma que lhe estava mais acessiva, agindo em sua legítima defesa!
           "A paz só se conquista com a Justiça!" (Hermes C. Fernandes). A justiça deve ser aplicada pelas autoridades constituídas, de quem é de dever, mas na ausência dessas, faz-se-lhe o coagido com as próprias mãos. Não quero entrar aqui no juízo de valor, do certo ou errado, sobretudo a recomendação bíblica é: "amar o próximo como a si mesmo." Que cada um lute primeiro pela sua própria vida e saúde... Assim terá parâmetros e referencial para amar o outro.

           Você lamenta pelas mortes do tiroteio na unidade escolar, mas não lamenta pela dor e sofrimento do garoto desmoralizado e por muito tempo. Ninguém tem o direito de fazer campanha para dar desodorante a ninguém, corrompendo a performance da caridade. É fácil se livrar de um "fedorento", é só sair discretamente de perto dele, sem sofrer nem fazê-lo sofrer.  Você no lugar dele, que jamais suportaria ser chamado sequer de feio, que faria? Responde Bertolt Brecht: "Do rio que tudo arrasta se diz que é violento. Mas ninguém diz violentas as margens que o comprimem."
             Disse Cláudia Hanna: "Concordo com você Claudeci Andrade, o que falta a nossa sociedade é respeitar o individuo como ser único, com suas qualidades e seus defeitos. Existem situações que vão acabando com a pessoa, coisas que quem está de fora acha besteira, mas para quem é o alvo da chacota, sofre muito, infelizmente precisa acontecer uma tragedia dessa para que se aprenda a respeitar o próximo."
           Obrigado, Cláudia Hanna, pelo equilibrado pensar! Estou feliz por não me condenar à loucura. Pois sempre acreditei que se não for possível serem respeitadas as pessoas pela as vias pacificas, na base da educada tolerância, aceitando-as como elas são, com seus defeitos e tudo, pois ninguém é perfeito, então que alguém corajoso diga de forma trágica esta lição demais necessária. E o medo de nova tragédia possa coibir o tal bullying. Desrespeito deve ser combatido pelos arautos da justiça, uma vez tornando-se o bem vencedor, estabelecer-se-á a paz! E agora, nada é mais adequado do que as palavras do Bento  Fleury, firmando-nos a esperança: "De fato, cada um morre um pouco na morte de cada outro, mas, os fragmentos de alegrias clareiam o coração e impulsionam nossos passos a seguirem adiante, da forma possível, até que, um dia, todos estejamos juntos numa nova pátria sem adeus!" 
Kllawdessy Ferreira

Comentários
Enviado por Kllawdessy Ferreira em 25/10/2017
Reeditado em 28/10/2017
Código do texto: T6152694
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Postar um comentário