"Temos de nos tornar na mudança que queremos ver." (Mahatma Gandhi)

"Nada é permanente, exceto a mudança." (Heráclito)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 22 de dezembro de 2012

O VALOR DA REPROVAÇÃO ("A morte é a única prova que ninguém será reprovado. Todos passarão." — Suzana Pedroso)



Crônica

O VALOR DA REPROVAÇÃO ("A morte é a única prova que ninguém será reprovado. Todos passarão." — Suzana Pedroso)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

          É incrível como existem muitos professores na rede pública favoráveis à Progressão Automática dos alunos, ou seja, acham errado reprovar. Só porque reza na LDB. E esses mesmos são os quais mais reclamantes da indisciplina dos alunos, questionando-se de quem é a culpa dessa atual desordem na escola. Então, eu lhes respondo: A NÃO REPROVAÇÃO GERA INDISCIPLINA; desmerece os alunos que se esforçam; aprova aluno que não faz nada; estabelece impunidade aos bagunceiros; inutiliza o empenho dos bons professores; desmotiva o ambiente de aprendizagem; não cria exemplos à dura vida em sociedade; faz das escola "depósito" ou "playground". Pois o objetivo deles é passar de série, se eles têm essa garantia por pouco esforço, e nada mais lhes ameaça deter a jornada, "deitam-se e rolam". E por final, A INDISCIPLINA GERA A NÃO APRENDIZAGEM, porque não é possível transmitir conhecimento algum se estão desconcentrados nem escutam o professor, só querem falar e "zoar". Importa mesmo é se mostrar como artistas em um show! E a NÃO APRENDIZAGEM GERA futuros INCOMPETENTES das políticas EDUCACIONAIS; os que fazem as leis frouxas, regentes da educação pública. Já dizia o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: "Se a pessoa não consegue produzir, coitado, vai ser professor. Vai dar aula a vida inteira." Será se ele estava querendo dizer que quem não consegue exercer nenhuma outra profissão se torna professor? (http://vermelho.org.br/noticia/251307-1). (acessado em 30/03/2018).
           Nesse sentido, confiram as estatísticas oficiais, ainda comprovando a mediocridade do Ensino Médio. Bem pudera, a sede de aprovação é tão grande que se faz um simulado de Língua Portuguesa e Matemática e recupera a nota de todos os alunos da unidade em todas as outras matérias. Sob a benção de todos, sorrindo para o boletim bonito dos alunos. 
            Além do mais, como reprovar um aluno que estuda a distância. Sendo compreensível com as novas tecnologia, vou admitir que o ensino público 100% a distância, como sugeriu o presidente Temer, não é de tudo desprezível, tem um lado positivo, acabaria toda violência de contato físico nas escolas, evitava aglomerações onde os atiradores fazem chacina e o vírus influenza se proliferava menos. Eliminava Desavenças entre colegas por causa de regras injustas e mal aplicadas. Não precisava gastar milhões no lanche escolar nem abria precedente para desvios da verba da merenda escolar, todavia formariam indivíduos para ser profissionais a distância também. 
https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/03/governo-temer-quer-liberar-ate-40-do-ensino-medio-a-distancia.shtml (acessado em 4/04/2018).
           Quando expus esse comentário para uma classe de terceiro ano do Ensino Médio, uma aluna inteligente sabiamente reconheceu o "xis" da questão. Ana Claudia Disse: "Professor, é melhor ser reprovada na escola, já que tenho a chance de completar o conhecimento que ficou a desejar, do que sair dela deficitária e ser reprovada no mundo pela hora da morte". Depois dessa irrefutável locução, só me restou falar "amém".
          E reafirmando, digo: Educa-se mais, reprovando os incompetentes na escola do que aprovando-os sem mérito. É mais fácil e lucrativo para quem depende das estatísticas iludi-los com prazeres a curto prazo, às duras penas do estudar a fim de lhes alicerçar uma vida promissora no futuro. Dolorida mesmo é a vida real para quem não se preparou!!! Maluco é enfrentar a realidade sem preparo algum!
          Vamos entender aqui a palavra (RE)PROV(AÇÃO)  como a ação de se aplicar à prova novamente. A mediocridade é rapidamente contagiante se tão somente não for combatida eficazmente. Todos nós temos hábitos desagradáveis! E só um hábito corrige o outro. 
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 03/08/2012
Reeditado em 22/12/2012
Código do texto: T3812124
Classificação de conteúdo: seguro                
  Comentários

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Postar um comentário