"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração." (W. Shakespeare)

"Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho." (Mario Quintana)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sábado, 22 de dezembro de 2012

REPROVAÇÃO versus PROGRESSÃO AUTOMÁTICA (Se educa mais reprovando os incompetentes na escola que iludindo-os)



Crônica

REPROVAÇÃO versus PROGRESSÃO AUTOMÁTICA (Se educa mais reprovando os incompetentes na escola que iludindo-os)

Por Claudeci Ferreira de Andrade

          É incrível como existem muitos professores na rede pública que são favoráveis à Progressão Automática dos alunos, ou seja, acham errado reprovar. E esses mesmos são os que mais reclamam da indisciplina dos alunos, se questionando de quem é a culpa dessa atual desordem na escola. Então eu lhes respondo: A NÃO REPROVAÇÃO GERA INDISCIPLINA, pois o objetivo deles é passar de série, se eles têm essa garantia por pouco esforço, e nada mais lhes ameaça, então "deitam e rolam". A INDISCIPLINA GERA A NÃO APRENDIZAGEM, porque não é possível transmitir conhecimento se estão desconcentrados, nem escutam o professor, só querem falar e "zoar", importa mesmo é se mostrar. E a NÃO APRENDIZAGEM GERA INCOMPETENTES POLÍTICOS EDUCACIONAIS que fazem as leis frouxas que regem a educação pública. Já dizia o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: "quem não consegue exercer nenhuma outra profissão se torna professor". Nesse sentido, confiram as estatísticas, comprovando que os medíocres do Ensino Médio escolhem cursos que formam professores.
(http://revistaescola.abril.com.br/politicas-publicas/carreira/ser-professor-escolha-poucos-docencia-atratividade-carreira-vestibular-pedagogia-licenciatura-528911.shtml). (acesso em 24/12/2015).
           Quando expus essa comentário para uma classe de terceiro ano do Ensino Médio, uma aluna inteligente e sabiamente reconheceu o "xis" da questão. Ana Claudia Disse: "Professor é melhor ser reprovada na escola, já que tenho a chance de completar o conhecimento que ficou a desejar, do que sair dela deficitária e ser reprovada no mundo pela hora da morte". Depois dessa irrefutável locução, só me restou falar "amém".
          E reafirmando, digo: Se educa mais reprovando os incompetentes na escola do que aprovando-os sem mérito. É mais fácil iludi-los com prazeres a curto prazo, que as duras penas do estudar para alicerçar uma vida promissora no futuro. Dolorido mesmo é a vida real para quem não se preparou!!! Maluco é enfrentar a realidade!
          Vamos entender aqui a palavra (RE)PROV(AÇÃO)  como a ação de aplicar a prova novamente. A mediocridade é rapidamente contagiante se tão somente não for combatida eficazmente. Todos nós temos hábitos desagradáveis!
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 03/08/2012
Reeditado em 22/12/2012
Código do texto: T3812124
Classificação de conteúdo: seguro                
  Comentários

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Postar um comentário