"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração." (W. Shakespeare)

"Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho." (Mario Quintana)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

domingo, 7 de julho de 2013

TRAGÉDIA OU ESTRATÉGIA ("Curso para Formação de Professores")


CCrônica

TRAGÉDIA OU ESTRATÉGIA ("Curso para Formação de Professores")

Por Claudeci Ferreira de Andrade

         Eu, cursista legal, participante e observador do "Curso para Formação de Professores/2013", oferecido pela Secretaria de Estado da Educação, parabenizo a equipe de coordenadores responsáveis pela realização. Primeiro pela decisão de trazê-lo para nossa região, tendo como vantagem a acessibilidade fácil. Em segundo lugar, por planejar que o almoço fosse na própria unidade escolar, assim os cursistas estiveram sempre juntos, enriquecendo a socialização e, sendo o dia todo, concluímos mais rápido. Também a divisão das classes por área de formação, ainda que uma sugestão seja digna de nota: um mestre ou doutor, para ministrar as aulas de técnicas em sua devida área, seria o ideal. Se os professores e unidades escolares amenizaram os custos do evento, no estilo "vaquinha", qual foi o investimento financeiro da Secretaria da Educação? Com tantos professores universitários amigos da escola nem um convidado especial!!!! Tenho como ponto para melhorar: a motivação. Que o professorado encare com mais gosto os eventos promovidos pela SRE. Mas, também, a ninguém agrada ouvir, por horas e horas a fio, superficialidade das orientações técnicas/científicas de quem não se aprofundou! Embora respeitamos as suas experiências do dia-a-dia. Aí, a gente aprende que só aprende com o tempo.
          Vejam as perguntas para encaminhamento dos trabalhos para conclusão daquele período para o Grupo de Língua Portuguesa:
— Qual a estrutura do Currículo Referência Experimental de Língua Portuguesa (sic)?
— Como as expectativas de aprendizagem estão divididas (sic)?
— De que forma as expectativas orientam o trabalho do professor (sic)?
— De acordo com os conteúdos e as habilidades descritas nas expectativas é possível trabalhar uma expectativa sem considerar as demais expectativas propostas no bimestre (sic)?
— Como ensinar Língua Portuguesa a partir dos conteúdos e das expectativas propostas?
        Essa última é uma grande incógnita, quem preparou o material escrito e visual deveria estar ali para nos responder, com a receita mágica de como ensinar. Se o autodidata Paulo Freire estivesse lá responderia ironicamente dizendo, que "ninguém ensina ninguém, as pessoas aprendem".
          O mundo educa com anzóis, enquanto a escola com ardis,pelo menos vale a rima.O inverso também é válido! O ser Educa-se por si! Eu saí dali mais cidadão e menos professor!!! Então, não foi de tudo perdido, estou exagerando certamente! Quero dizer que aprendi muito com a convivência, além de dar vazão ao prazer de rever velhos amigos. Isso é quando me conforto no que comentou Márcio Ferrari sobre a Educação para a Consciência:"Os homens se educam entre si mediados pelo mundo", escreveu (Paulo Freire). Isso implica um princípio fundamental para Freire: o de que o aluno, alfabetizado ou não, chega à escola levando uma cultura que não é melhor nem pior do que a do professor. Em sala de aula, os dois lados aprenderão juntos, um com o outro - e para isso é necessário que as relações sejam afetivas e democráticas, garantindo a todos a possibilidade de se expressar. "Uma das grandes inovações da pedagogia freireana é considerar que o sujeito da criação cultural não é individual, mas coletivo", diz José Eustáquio Romão, diretor do Instituto Paulo Freire, em São Paulo. http://revistaescola.abril.com.br/historia/pratica-pedagogica/mentor-educacao-consciencia-423220.shtml?page=1 (acessado em 19/01/2013).
          Mas, por outro lado, cá em meu momento demorado de reflexão, prefiro, acima de tudo, lamentar-me no que disse Benjamim Franklin: "Quem se ensina a si mesmo tem um tolo como professor".
Claudeko Ferreira
Enviado por Claudeko Ferreira em 19/01/2013
Reeditado em 07/07/2013
Código do texto: T4093310
Classificação de conteúdo: seguro
Comentários

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Postar um comentário