"Não é o significado da vida, mas o sentido dela." (May Iakulo)

"Que eu não aprenda o significado da vida, no ultimo minuto do segundo tempo." (Day Anne)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Um Conselho a Mais (Na multidão dos conselhos há sabedoria.)

CRÔNICA

Um Conselho a Mais (Na multidão dos conselhos há sabedoria.)

Por Claudeci Ferreira de Andrade



          Prudêncio era um gestor escolar que encorajava  os seus liderados ao estudo dos mais requintados compêndios e tratados da educação. Dava gosto, para professores e servidores gerais, participar daquelas reuniões pedagógicas. Ele trazia as ideias dos escritores dos mais recentes livros publicados que acabara de ler. A comunidade se punha a investigar as suas sugestões diariamente. Prudêncio louvava seu dedicado corpo docente porque colocava à prova as novas ideias no campo pedagógico.
          Se um professor necessitava estudar um livro de relações humanas a fim de harmonizar seu relacionamento com o colega que divergiu ou desafinou com a comunidade, o Prudêncio sempre tinha uma excelente indicação literária, ao invés de ameaçar a mudá-lo de unidade escolar ou a diminuir a carga horária dele.
          Coisa que eu não estou mais vendo em nosso meio, são aqueles cursos de capacitação para reciclagem de conhecimento dos professores. Eventos  estes que as "paradas pedagógicas" não substituem.
          Como nunca dantes, necessitam os professores da escola pública voltar-se para os livros e estudá-los com cuidado e reflexão! O gestor escolar que não dá ênfase nesse aspecto merece liderar um povo pobre. Já li num livro sério no qual o autor me dizia: é muito infeliz o líder de um povo pobre.
         Precisamos estudar o que há de novo para nossa profissão, fazer cursos e comprar menos diplomas, ter mais reuniões pedagógicas para a leitura de temas que nos diz respeito. Pedir a Deus que guie nossa mente para os canais da verdade que Ele gostaria que explorássemos. E também precisamos ler, ou seja, fazer leituras dirigidas de bons textos, não me refiro àqueles tirados na internet de autor desconhecido, mas àqueles que nos diz de quem é a experiência, de quem é o conhecimento. Se não será um blá-blá-blá a mais. Perda de tempo! Chega de irresponsabilidade social e "pirataria".
          Que se reúna o corpo docente em grupos na hora do recreio, na sala dos professores ou onde quer que seja apropriado, para discutirmos os temas de relevância, experimentados nas aulas já ministradas naquele dia, ao invés de gastarmos esse tempo, que deveria ser maior, ouvindo informes urgentes por falta de planejamento da equipe gestora, ou discussão sobre batom e esmalte, ou vestimentas.
          Que abençoada experiência seria a nossa se os sábios aconselhassem-nos mais! E em vez de nos reunirmos para tagarelice e conversação ociosa e tola, o tempo deveria ser proveitosamente utilizado. Por que não começar o estudo de um livro escolhido pelo grupo, para socialização, já esta semana? Já que a culpa de todos os problemas da educação é do professor, então que ele se capacite para resolvê-los. A renovação educacional segue-se ao conhecimento, como já disseram os sábios: só o conhecimento dá poder. E o sábio Salomão nos reforça, dizendo: na multidão dos conselhos há sabedoria.
Claudeko
Publicado no Recanto das Letras em 30/05/2009

Código do texto: T1623437


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Comentários


Postar um comentário