"Até o palhaço mais alegre do circo, pode chorar em um dia de folga." (Nátaly Seckler)

"Um bom descanso é metade do trabalho." (Provérbio iugoslavo)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

MAL SE VIVE, PRETENDE SER FELIZ (Existem coisas mais importantes do que ser feliz)


PENSAMENTO

MAL SE VIVE, PRETENDE SER FELIZ (Existem coisas mais importantes do que ser feliz)

Por Claudeci Ferreira de Andrade


          Por que essa luta desesperada para viver bem, se ninguém pede para nascer? Viver bem é isso? Muito mais é ser feliz! Quem é o maior beneficiado com o meu esforçado viver em busca do prazer? Que ele cuide bem de mim.
             Se ninguém está interessado em minha existência, por que dificultam meu trilhar por caminhos que já aprendi andar? Quero simplesmente continuar na jornada! Apesar da tortura de saber que todo dia é um dia a menos, que produziu em mim estresse suficiente para embotar meu alhar, engiar minha pele, tremer meus nervos e cambalear minas pernas, quero gozar. Mas, encolheram meus pés, pois agora meus sapatos têm números menores, porém não é só isso que causa meu desequilíbrio é o desnível da estrada.  Se como coisas gostosas, estragam os meus dentes e perfura o meu estômago com úlceras.  Eu queria ser como Albert Einstein: "Mesmo desacreditado e ignorado por todos, não posso desistir, pois para mim, vencer é nunca desistir." O desistir para mim quisera fosse possível, todavia nem sei como fazê-lo. Se eu deixar de viver, fizeram-no por mim, o que o tempo faz toda vida. Queria força para me opor a ele para trincar a corrosão como a borboleta frágil rasga o duro casulo, mas não nem sei se tem outra vida me esperando.
           Como posso gostar de mim mesmo, se só minha apreciação não é suficiente? Preciso da sua, nua e crua! Quem me vende um pouco de felicidade para eu me agarrar nela com unhas e dentes? Mas, ô! O dinheiro, também, não tenho! Quem quer trocá-la por um pedaço de pele parda e enrugada, quem quer trocar por uma córnea protetora de catarata, quem quer trocar por um rim com pedras, um coração com chagas, em fim, está difícil trabalhar com prazer! Assim, já não sei mais se quero ser feliz! Até porque, descobri que preciso mentir para mim mesmo, demonstrando ser feliz, mas não consigo! Ah! Sorrir, eu rio. Cantar! Eu canto. Mas, o que é que você tem de melhor que lhe faz, de fato, tão feliz? Deus! Eu creio, só não creio como você crer, deixo Ele me consumir pela via natural: Modo de ser feliz sem razão, acreditando que tanto o querer como o realizar vem dEle! Já disse Carlos Drummond de Andrade: "Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade". Ou talvez seja como disse George Bernard Shaw: "Uma vida inteira de felicidade! Nenhum homem vivo conseguiria suportá-la. Seria o inferno." 
          Finalmente compreendi que a morte é essencial para a vida, depois, só a essência e a morte da essência, trazendo a vida de volta para a morte. A vida morre, e  morte revive! E o medo é o eixo do rolo compressor.

Código do texto: T1648086

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Comentários


Postar um comentário