"Lembrar é fácil para quem tem memória. Esquecer é difícil para quem tem coração." (W. Shakespeare)

"Se me esqueceres, só uma coisa, esquece-me bem devagarinho." (Mario Quintana)

Pesquisar neste blog ou na Web

MINHAS PÉROLAS

terça-feira, 13 de outubro de 2009

O Direito de Não Ler ("O homem é o que pensa o dia inteiro. Encha-se alguém de lixo, e tudo que produzirá será monturo."—Ralph Waldo Emerson)




Crônica


O DIREITO DE NÃO LER (O Direito de Não Ler ("O homem é o que pensa o dia inteiro. Encha-se alguém de lixo, e tudo que produzirá será monturo."—Ralph Waldo Emerson))

Por Claudeci Ferreira de Andrade

          Às vezes, eu compreendo por que muitas crianças e adolescentes não querem estudar! E chego a pensar que são eles os sábios da história, pois a alienação deles os faz felizes! E outra, pelo menos são diferentes dos que pensam ser maioral. Quem se atreve chamar de burro os que são livres do cabresto das letras e dos letrados? Pois digo, uma vez alfabetizado, perde-se o direito de não ler. Já que me forçam abrir mão desse direito em nome da cultura, de volta, exijo o discernimento para saber selecionar os bons textos na multidão de lixo que circula por aqui. Que reine a revelação de Gallois: "Se você dá lixo a um computador, nada sairá dele além de lixo. Mas se o lixo passou por uma máquina muito cara, ele será de alguma forma enobrecido e ninguém se atreverá a criticá-lo."
           Então, a linguagem não verbal, por conta dos mesmos objetivos da verbal, também me prende às formas e me deforma. Desta vez, a estética tira a beleza dos meus olhos. Porque a caricatura é ruim. Quem poderá me fazer ver o que apenas me edifica, mas não me solidifica. Quero continuar escorrendo como o líquido fora do recipiente, pois, de certa forma, está livre para transbordar outros obstáculos. Vai longe e quando se fragmentar, uma porção espera pela outra, e num lago de cisnes pálidos se encontram para ficarem juntas,  lá embaixo onde mora o lodo. "O homem é o que pensa o dia inteiro. Encha-se alguém de lixo, e tudo que produzirá será monturo."(Ralph Waldo Emerson)
           Quem se arrisca, mais uma vez, a preguntar-me qual é o sinal da besta do apocalipse? Eu diria prontamente que na testa mora o letreiro e nas mãos os sinais.  Dessa forma, o Satanás toma de conta do corpo inteiro, está tudo dominado, seus pacotes de imundice estão invadindo toda a minha cidadela com o que querem que eu saiba e minhas formas têm que está no padrão midiático: "é proibido ser magro", obesidade é doença, coma isso e aquilo, faça isso ou aquilo, etc. Fora disso, não sou nada, e a televisão  continua a gritar mais alto, e não tem como escapar, e os cegos, os surdos-mudos também têm "Libras" em seu "Braile". Receba.
Claudeko
Publicado no Recanto das Letras em 30/04/2009
Código do texto: T1568756


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria de Claudeci Ferreira de Andrade,http://claudeko-claudeko.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários



Postar um comentário